Seguidores

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

AS GM/GCM E O INFOSEG

As Guardas Municipais/Guardas Civis Municipais foram contempladas com a edição do Decreto Presidencial nº. 6.138 de 2007, que instituiu a Rede INFOSEG, com a possibilidade de ACESSO DIRETO ao banco de dados criminais de todos os estados da federação e da Polícia Federal (SINPI/SINIC), essa permissão está textualizada no Artigo 2 do citado Decreto Presidencial.

O que é o INFOSEG? é um sistema eletrônico que armazena informações de justiça e fiscalização de pessoas fisicas, júridicas, veiculos automotores, armas de fogo e pessoas desaparecidas, é consultado mediante autorização de acesso atráves de assinatura do TERMO  DE CONVÊNIO E COOPERAÇÃO TÉCNICA entre as PREEITURAS MUNICIPAIS/GM/GCM e o MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, destina-se a utilização dos operadores de SEGURANÇA PÚBLICA, JUSTIÇA e FISCALIZAÇÃO, é uma ferramenta da modernidade a serviço das forças de Segurança Pública, entre as quais foram incluidas as GM/GCM, incluídas e incentivadas a participarem do sistema, pois cada um dos participantes ajuda a "alimentar o banco de dados".

Mas apesar de já haver decorrido praticamente 3 (Três) anos da existencia do INFOSEG, muitas GM/GCM ainda não aderiram a tal sistema, em muitos casos por completo desconhecimento dessa possibilidade, os procedimentos para adesão ao sistema INFOSEG não são dificeis, há a necessidade de preenchimento do TERMO DE CONVENIO E COOPERAÇÃO TÉCNICA, em 4 (quatro) vias iguais, cujo modelo é PADRONIZADO e não pode sofrer ALTERAÇÕES, o preenchimento da FICHA CADASTRO com os dados pessoais do Comandante/Diretor da GM/GCM, Oficio do Chefe do Executivo local e encaminhamento a Central de Administração do INFOSEG, em uma quinzena a senha é enviada ao e-mail indicado e o Comandante/Diretor pode cadastrar novos usuários.

Evidentemente que o acesso a tal banco de dados é reguardado por uma série de procedimentos de segurança, auditoria, verificações e até sindicancias em caso de suspeita de má utilização, ou utilização indevida, há previsão de pena criminal e sansão administrativa para aqueles que violarem as regras de acesso, isso fica claro tambem no momento da assinatura do convenio e do preenchimento da fica cadastral solicitando a senha.

O MODELO ANTIGO DE CONVENIO NÃO SERVE MAIS!!! há um modelo novo, feito após a reunião na cidade de Campinas SP, onde o Coordenador Geral do INFOSEG ministrou excelente palestra e capacitou usuários do sistema, QUALQUER CORPORAÇÃO DE GM/GCM pode ter acesso ao INFOSEG, não depende inclusive de autorização legislativa, pois não há envolvimento de recursos financeiros ou materiais entre as Prefeituras e o Ministério da Justiça, essa questão já foi pacificada pelo TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, tal termo de cooperação técnica somente depende da vontade do Comandante/Diretor da GM/GCM e do Chefe do Executivo, o qual penso que não vá negar essa facilidade e modernidade a serviço de nossas GM/GCM, fica o email para melhores esclarecimentos e envio do TERMO DE CONVÊNIO, não vou disponibilizar aqui pois envolve dados pessoais do Sr. Secretário Nacional de Segurança Pública e do Sr. Coordenador Geral do INFOSEG, acredito não ficar bem, pois estamos falando justamente de confidencialidade e segurança.
                                                                                     E-mail: gcmelvis@hotmail.com 
Insp Elvis de Jesus
GCMSJCampos 














Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO



Apoio administrador do Blog GM/RIO André.

THE POLICE AMERICAN MODELL


Os Estados Unidos da América são conhecidos pela importância que dão àsFORÇAS POLICIAIS, talvêz por isso tenham tantas, por lá chamadas de "law enforcement". Acredito que uma das razões para que o tema desperte tanto interesse é a quantidade de produções cinematográficas relacionadas ao assunto. Quando se fala em polícia americana, vem logo à mente um filme ou seriado de TV.

A descrição, a seguir, das peculiaridades de cada uma das que conheci não é técnica e pode encerrar alguma inexatidão, pois é fruto apenas das observações.

A maioria das FORÇAS POLICIAIS AMERICANAS tem caráter eminentemente LOCAL.
 
Para trazer dados quantitativos, um levantamento recente apurou que nos EUA existem:

• 18.796 organizações policiais LOCALIZADAS NAS CIDADES
• 90% servem a comunidades com menos de 25.000 pessoas
• 49% têm menos de 10 policiais
• 91% têm menos de 50 policiais
• 80% têm acesso à Internet
• 76 agências federais
• 3.078 polícias do condado (sheriff)
• 664.282 policiais fardados
• 100.000 policiais federais a paisana, aproximadamente.

Sheriff

Nos EUA, a unidade geopolítica que na maioria dos estados é denominada County (Condado), para nós brasileiros uma REGIÃO, e em tempos remotos correspondia ao limite que um homem poderia atingir viajando a cavalo em um só dia, corresponde à circunscrição da autoridade policial mais tradicional dos EUA, o Sheriff, que usa a tradicional estrela e é responsável pela segurança da comunidade, incluindo a administração da cadeia, intimações, despejos e outros serviços públicos, como permissão para venda de álcool, casas noturnas e música ao vivo.

Fato que chama a atenção é que o Sheriff é ELEITO PELO POVO DA REGIÃO, com MANDATO DETERMINADO, mas podendo ser reeleito. Esta norma, fruto de uma evolução histórica, encerra algumas vantagens e também desvantagens. Se por um lado o processo de escolha é impulsionado por razões políticas e pela popularidade dos candidatos, em detrimento do critério técnico ou de merecimento, por outro, o fato do chefe da polícia local ser eleito deixa mais claro para quem ela trabalha, ou deve trabalhar.

City Police (POLÍCIA DA CIDADE)

Nas cidades, o PODER PÚBLICO MUNICIPAL costuma instituir umDEPARTAMENTO DE POLICIA DA CIDADE, normalmente identificados com uma sigla composta pelas iniciais do nome da cidade seguidas das letras PD (Police Department), por exemplo: NYPD significa New York City Police Department, ou NOPD - New Oleans Police Department. O prefeito (Mayor) indica o chefe e este departamento costuma tratar do policiamento urbano, trânsito, etc. Onde há City Police, o Sheriff costuma tratar dos casos relativos à área suburbana e rural do Condado.

State Troopers

O State Troopers é a polícia estadual, trata das questões que transcendem o limite das cidades e condados, como o policiamento das rodovias e crimes que vão além destes limites. Talvez seja a força policial que mais se assemelhe à POLÍCIA MILITAR DOS ESTADOS FEDERADOS com uma denominação que poderia ser traduzida como Tropa Estadual, costumam trabalhar de forma ostensiva e em serviço de patrulhamento.

As Agências Federais

Os EUA, por sua tradição, possuem um sem número de forças policiais federais, cada uma com as suas especialidades e peculiaridades. Se por um lado isso pode representar uma vantagem no sentido de uma maior especialização e maior capacidade de alocação de recursos, por outro lado pode se converter em desvantagem no sentido da maior dificuldade de integração, tanto no campo das informações, como das ações efetivamente integradas.

Após os atentados de 11/09/2001, observa-se um esforço das autoridades americanas no sentido de integrar as diversas ações das agências federais, o que parece, às vezes, uma difícil tarefa, em face da tradição policial americana. *Para tratar desta integração foi criada mais uma agência, com status de Ministério, chamada de HOMELAND SECURITY, sigla que poderia ser traduzida como "segurança da pátria".

FBI

O FBI – Federal Bureau of Investigation é, como o nome diz, um grande escritório de investigação do governo federal, cabendo-lhe a investigação dos crimes federais, definidos como tal, ou dos comuns que, pela sua dimensão, alçam a esta condição. Diferentemente do Brasil, na sua tarefa, os Agentes do FBI podem tomar o comando de situações que, normalmente, caberiam à Polícia Local resolver e, por alguma razão, ficam a cargo do FBI, que pode utilizar os recursos e meios da polícia local na sua tarefa. O FBI é subordinado ao Departamento de Justiça, equivalente brasileiro é a POLÍCIA FEDERAL.
 
CIA

A CIA é a central de inteligência americana, centralizando a maioria das informações e ações de inteligência, é subordinada diretamete ao Presidente dos EUA, por aqui temos a ABIN.

Secret Service

O Serviço Secreto é responsável pela proteção do Chefe do Executivo e pelo combate à falsificação de dinheiro e documentos financeiros. Cuida de questões internacionais e estratégicas da segurança nacional. Está subordinado ao Departamento do Tesouro (Department of the Treasury), o equivalente no Brasil ao MINISTÉRIO DA FAZENDA E A SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL.

Os Marshals são a verdadeira Polícia Judiciária Federal Americana, funcionam vinculados às cortes federais, cuidando da sua segurança e dos seus membros. Tratam de crimes federais específicos e da captura dos procurados pela Justiça Federal, bem como da custódia dos presos federais, por aqui oSERVIÇO FEDERAL DE SEGURANÇA PRISIONAL.

Imigrations

O Serviço de Imigração trata das questões relativas à entrada e permanência de estrangeiros nos Estados Unidos, exercendo o poder de polícia nos pontos oficiais de entrada no território americano. Está subordinado ao Department of Homeland Security.

Border Patrol

O que poderia, pela tradução literal, ser entendida como Patrulha de Fronteira, na verdade é muito mais que isso, pois além de efetivamente patrulhar as fronteiras, cuida de todas as questões de ingresso e permanência ilegal no território americano, exercendo suas funções e mantendo representações em todo o território, inclusive nos estados localizados no interior, sem fronteira externa.

DEA

O DEA – Drug Enforcement Administration é a agência federal americana de combate às drogas ilegais. Ela centraliza a política de combate ao tráfico e uso de entorpecentes. Está Subordinada ao Attorney General (Procurador/Advogado Geral), que comanda o Department of Justice, aqui no Brasil o MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. 
 
Como podemos observar temos equivalentes brasileiros, e cabem todas as POLÍCIAS na mesma sociedade, não temos evidentemente a mesma cultura e a mesma legislação, que por aqui é antiga, tradicionalista, pesada e centralizadora, tudo por aqui quando se trata de GUARDAS MUNICIPAIS, ou é: INCONSTITUCIONAL, ou é ANTICONCEPCIONAL, sempre e reiteradamente afirmados por agentes politicos ou seus asseclas intrujados no Serviço Público, que por não terem argumento técnico suficientemente embasados, falam asneiras e sandices.
 
Não temos a mesma sorte de possuir operadores politicos com a mesma visão de SEGURANÇA PÚBLICA, igual aos Norte Americanos, por lá (EUA), os operadores do sistema de segurança pública são classificados como: "Wonderful" (Maravilhoso), por aqui: MACACOS EM LOJA DE LOUÇA, como já tive o desprazer de ler em um pasquim...Mas mesmo assim vamos avançando de forma tática e estratégica, vamos conquistando "terrenos em estado de abandono", buscando novos segmentos de prestação de serviços, novas tecnologias de integração institucional, firmando parcerias estratégicas, buscando investimentos, nos aproximando da população, modernizando conceitos de policiamento e proteção cidadã, exercendo o Poder de Polícia Administrativa na defesa das cidades e do seu ordenamento e obviamente, "enterrando no esquecimento e no rídiculo" os inimigos de nossas Corporações e se (se), não avançarmos a culpa não será nossa, deverá ser creditada a classe dos  politicos, muitos sem qualquer qualificação moral, técnica ou humana, mas eleitos pelos votos presenteados por seus estúpidos eleitores.
 
Esse texto foi extraido e adaptado, os créditos são do blog:
 
 
(Editor: GCM Almir Branco Teixeira)

"NÓS SOMOS O PASSADO, PRESENTE E O FUTURO, QUEREMOS SER PARCEIROS , NÃO CONCORRENTES "  Subinspetor S.Santos


Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Gestor e Operador de Segurança Pública Urbana
Apoio administrador do Blog, Instrutor GM/RIO André.

Guarda Civil Municipal é recebida a bala ao flagrar tentativa de homicídio



Polícia faz buscas aos suspeitos

Uma guarnição da Guarda Civil Municipal de São Miguel dos Campos foi recebida a bala no final da tarde deste sábado, 26, ao flagra uma tentativa de homicídio na Avenida Rotary, conhecida ladeira da Betel, centro da cidade.

A GM miguelense retornava de uma ocorrência em apoio a Polícia Militar, quando ao chegar às imediações do Loteamento José Calazans flagrou uma tentativa de homicídio em andamento, “os assassinos ao perceber a presença da viatura atiraram contra nós”, contou um dos gms.

Desarmados, os guardas fugiram dos bandidos, que, segundo informações de moradores da localidade deflagraram mais de 10 tiros contra a viatura.

Mesmo temendo serem atingidos, os agentes públicos retornaram ao local para socorrer a vítima, que foi alvejado com dois disparos e foi atingido no rosto e em uma das pernas, “eles [bandidos] estavam atirando contra a vítima que estava no chão, ao perceber nossa presença se voltaram contra nós e começaram a atirar”, relatou o comandante da guarnição.

Os guardas disseram ainda que os criminosos estavam armados de revólver e pistola.

A vítima, um menor identificada por A.A.R.S., 17 anos, foi encaminhada pelos guardas à Santa Casa de Misericórdia de São Miguel dos Campos, onde deu entrada em estado grave e já foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE).


Um detalhe no corpo da vítima chamou a atenção dos gms, “ele possui uma tatuagem de um palhaço no braço direito, isso no mundo do crime o aponta como matador de polícia”, esclareceu um dos guardas.

O secretário de Segurança Urbana de São Miguel dos Campos, Walmore Tenório, informou a redação do site AlagoaseWeb que já comunicou o ocorrido ao delegado regional de São Miguel dos Campos, “Dr. Mário Jorge já está ciente e está tomando as providências necessárias”, esclareceu.

Por telefone MJ informou ao AlagoasWeb que já passou instruções ao delegado plantonista na Regional e que as providências já estão sendo tomadas.

A polícia está em buscas aos suspeitos

Enquanto não tivermos um sistema de segurança pública a nivel nacional que trate todos os orgãos de segurança pública com parcialidade e que invista nas Policias Federal, Estadual e Municipal, continuaremos a viver nesse mundo de faz de conta e de utopia total por quem tem o dever de fazer este País progredir rumo ao primeiro mundo.
Subinspetor S.Santos - GMRIO

"NÓS SOMOS O PASSADO, PRESENTE E O FUTURO, QUEREMOS SER PARCEIROS , NÃO CONCORRENTES "

Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Apoio administrador do Blog, Instrutor GM/RIO André.

Comissão de Guardas Municipais da Bahia serão recebidos em Audiência em Brasília com a Dra. Regina Mike. Secretária Nacional de Segurança Pública


.

A Audiência acontecerá no dia 1º de Março em Brasília.
Uma comissão formada por Guardas Municipais, estará viajando para Brasília para participarem de uma Audiência com a Doutora Regina Mike.
A GCM Isabel Cristina Relações Pública da AGMJ e 2º Secretária da Federação Baiana das Associações de Guardas Municipais (FEBAGUAM) mantiveram contatos desde o inicio de Janeiro, conseguindo agendar a audiência para o dia 1º de Março.
Essa iniciativa tem como objetivo levar para aExcelentíssima Senhora Secretária, vários assuntos relacionados às Guardas Municipais da Bahia e dentre os assuntos está incluído o Bolsa Formação.
No Estado só existem três cidades cadastradas. São elas: Salvador, Dias D’ávila e Camaçarí. Já a alguns anos os Guardas do Estado, participam dos Cursos On-line pela EAD/SENASP, sendo que o aluno pode fazer um cadastro para receber o beneficio. O requerente para ter sua aprovação na Bolsa Formação, conta com vários requisitos e documentos funcionais, só que quando o aluno acessa a ficha de inscrição, lá não consta as demais cidades, principalmente Juazeiro, que já conta com alguns projetos e espera liberação de recursos.
Desde 1997 a Senasp investe na formação de profissionais na área de segurança pública em parceria com a Cruz Vermelha Internacional. Em 2011, as inscrições foram abertas desde 27 de janeiro, porém já foram encerradas no dia 31 de janeiro de 2011 e foram feitas através do site do Ministério da Justiça. Foram abertas para este ciclo 54 cursos.
A nossa cidade estará representada por uma comissão de Guardas Municipais, onde os nomes encontram-se agendados. Sendo eles: CMDT. Elias Rodrigues, GCM. Isabel Cristina e o GCM Luiz Alberto Oliveira, ambos de Juazeiro e consta como representante da nossa Irmã GCM de Petrolina, o GCM João Lino. Os GCMs estarão embarcando Segunda Feira dia 28 (...).
Apoio administrador do Blog, Instrutor GM/RIO André.

NOTÍCIAS E OCORRÊNCIAS DAS GUARDAS MUNICIPAIS-SUA POLÍCIA ADMINISTRATIVA

COI da GM de Indaiatuba recebe visita do delegado seccional e do diretor da CIMCAMP


O COI (Centro de Operações e Inteligência) da Guarda Municipal de Indaiatuba recebeu novas visitas na quinta-feira (17). O secretário de Defesa e Cidadania, Alexandre Guedes recepcionou o delegado seccional de Campinas, José Carneiro Rolim Neto; o diretor da Cimcamp (Central Integrada de Monitoramento de Campinas), Marcos Alves Ferreira e o inspetor Abraão da Guarda Municipal de Campinas.
Durante o encontro, Guedes apresentou o vídeo institucional do centro que apresenta o funcionamento. Em seguida todos conheceram de perto as ferramentas tecnológicas e as instalações. O delegado seccional disse que deseja ampliar a parceria da Polícia Civil com a GM indaiatubana. Ele também fez um convite ao secretário municipal para apresentar o sistema de monitoramento da cidade para todos os delegados na seccional, na cidade de Campinas. A data ainda será agendada.

Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Apoio administrador do Blog, Instrutor GM/RIO André.

Guardas municipais concluem capacitação no BOPE-RN


Integrantes do GAT-GMN que concluíram capacitação no BOPE.




A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) em parceria com a Polícia Militar do RN formou na manhã desta segunda-feira (28) três agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) no curso de Multiplicador em Táticas e Técnicas Policiais ministrado pelo Batalhão de Operações Especiais da PM. A solenidade de entrega dos certificados aconteceu no comando do Bope, na zona Norte, e reuniu o titular da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair Rocha, o comandante geral da PM, cel. Francisco Canindé Araújo, e o comandante da GMN, Edivan Bezerra Costa, além dos representantes da polícia civil e forças armadas.


A capacitação abrangeu técnicas de abordagem, defesa pessoal, condicionamento físico, gerenciamento de crise, atendimento a ocorrências com explosivos, uso progressivo da força, direitos humanos, entre outras disciplinas. Foram 120 horas voltadas ao estudo teórico e prático dos procedimentos técnicos policiais, que seguem a cartilha da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).
GM Loni Lacerda e o Chefe de Grupo de Ação Isaac Cruz Nacimento
No momento, 45 profissionais da área de segurança pública receberam os certificados de conclusão, sendo eles policiais civis e militares, guardas municipais e fuzileiros navais. As instruções foram ministradas por membros do Bope, como também por instrutores preparados pela Força Nacional.
De acordo com o comandante da GMN, Edivan Bezerra Costa, a qualificação traz para a corporação não só três novos agentes habilitados em ações táticas especiais, mas também homens capazes de repassar o conhecimento técnico para os grupamentos específicos da Guarda Municipal que lidam com esse tipo de serviço.
“Estamos trazendo para a Guarda Municipal qualificação e capacidade técnica para nossos agentes atuarem com maior eficiência e responsabilidade, levando para a sociedade a resposta necessária a sua inquietação”, garantiu.
Os guardas municipais certificados no curso de Multiplicador em Táticas e Técnicas Policiais do Bope-RN são integrantes do Grupamento de Ação Tática da GMN, entre eles a chefia do grupamento, CGA Isaac Cruz Nascimento, e os agentes Carlos Eduardo Guedes e Loni Lacerda.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

NOTÍCIAS E OCORRÊNCIAS DAS GUARDAS MUNICIPAIS-SUA POLÍCIA ADMINISTRATIVA

A Guarda Municipal da cidade do Rio de Janeiro, começa a se preparar para os grandes eventos que estão para acontecer, Jogos Militares 2012 , Copa do Mundo 2014, Jogos Olímpicos de 2016 e muitos outros eventos que já acontecem em nossa cidade turística e maravilhosa. Como também o grande números de pessoas que frequentam pontos turísticos como: Diversas Praias Ex: Copacabana, Flamengo, Ipanema, Leblom; Pão de Açucar, Cristo Redentor, Mirante Dois Irmãos, Parque das Ruinas, Vista Chinesa, Centros Culturais. São inúmeros os lugares maravilhosos que não dá nem para citar aqui! isso sem mencionar, o grande número de pessoas que concerteza irão visitar a nossa cidade nestes grandes eventos. Temos que antecipar aos fatos para proporcionar a todos uma segurança a altura.
Pensando preventivamente a Guarda Municipal do Rio de Janeiro, vem em rítimo acelerado, e já estão previsto para assumir o patrulhamento na rua mais 250 GM que estão prestes a se formar em meados de março, não obstante há, previsão da chegada para Academia da Guarda Municipal mais 550 novos alunos em abril. O objetivo da Guarda Municipal se aproximar de 10.000 agentes atuando e colaborando na segurança de todo o cidadão que moram ou que venham visitar o Rio de Janeiro.

A Guarda Municipal tem uma excelente mão de obra, e esta deve ser valorizada para que não tenha uma perda desta mão de obra qualificada para outros órgão como já é percebido devido o salário da Guarda Municipal esta abaixo os de outros órgãos como: DESIPE, Bombeiro Militar, Polícia Militar, Polícia Civil, Petrobras. Poís grande maioria dos guardas municipais que estão chegando na corporação tem  o 2° completo e estão fazendo sua Faculdade, Pós graduação e até Mestrado. Não podemos perder a oportnidade de termos em nossa guarda municipal grandes profissionais de segurança pública municipal. Grifo Gestor de Segurança, Fábio A. NT.

Segurança Pública em seu sentido lato   segundo ANDRÉ, Gestor de Segurança,  Especialista e discente na área com base em suas experiências e estudos o mesmo relata que: para se ter um BOM PROFISSIONAL DE SEGURANÇA TEMOS QUE PROVER AOS AGENTES  e respeitar os quatro piláres básico para se chegar a Eficiência e Eficácia. os quais são:
Foto Gestores de Segurança, Eduardo e André.
 CONHECIMENTO, 
HABILIDADE, 
ATITUDE 
RECURSOS.

"Não adianta só elogiar, temos que valorizar".

"Vamos investir no Profissional de Segurança"

Segurança Pública

 Fábio André Nt.

ATENÇÃO GUARDAS MUNICIPAIS, Lazer gratuito, a partir de março !!!!!

Clube do Servidor da Prefeitura do Rio vai abrir diariamente. Novas inscrições se iniciam no dia 2, sem prazo para terminar

POR ALESSANDRA HORTO
Rio - Construído para ser um centro permanente de lazer, o Clube do Servidor da Prefeitura do Rio vai abrir diariamente a partir do próximo mês, provavelmente alguns dias após o Carnaval. A principal novidade é que todas as atividades serão oferecidas gratuitamente ao beneficiário e a seus dependentes.
A prefeitura também vai reabrir o prazo de inscrições e as regras serão publicadas amanhã no Diário Oficial. Segundo o presidente do Previ-Rio, Vinícius Rocha Viana, o cadastro começa na próxima quarta-feira e não têm prazo para terminar. A intenção é aumentar o número de inscritos. Atualmente são apenas 800.
NOVAS ATIVIDADES


O presidente do Previ-Rio informou à Coluna também que as próximas atividades oferecidas serão: hidroginástica, dança de salão, aula de alongamento, capoeira, taishishuan, recreação em geral e escolinha de futebol, vôlei e natação.

O guarda municipal João Batista Sousa Costa, 48 anos, já se inscreveu no clube e levou a família para aproveitar a piscina: “Nós gostamos muito, mas ainda sentíamos falta de mais serviços e esperamos que agora o clube fique melhor para a gente”, disse. 


O Clube do Servidor também passou por modificação interna. A gestão passou do Previ-Rio para a Secretaria da Casa Civil. E uma Organização Social (OS) já foi escolhida para administrar o espaço. O processo de licitação terminou, e a vencedora está em fase de apresentação da documentação exigida pelo edital.

Previ-Rio fiscalizará gastos


O presidente do Previ-Rio, Vinícius Rocha Viana, diz que a gestão da Organização Social no Clube do Servidor será arrojada. “Vamos começar com força total e, principalmente, com orientação de pessoas especializadas. Mas é bom deixar claro que a fiscalização de todos os gastos será do Previ-Rio”, garantiu.

Ele complementou dizendo que é obrigação do clube acompanhar todos gastos do local. Segundo Viana, a manutenção mensal custa R$ 136 mil. “Esse valor já contempla o uso do clube pelo servidor. O prefeito Eduardo Paes decidiu que o funcionário não deveria pagar mais por qualquer tipo de serviço, principalmente porque a maioria dos inscritos já contribui para o Funprevi”, disse o presidente.
Na próxima etapa na gestão, ainda sem data definida, está prevista a abertura do restaurante do clube e da academia de ginástica, em parceria com empresas terceirizadas. É possível que as companhias forneçam os equipamentos e as demais máquinas para o funcionamento do bar. Mas todo esse procedimento só será feito após a implementação de todas as atividades listadas por Vinícius Viana.
Cadastro e serviços oferecidos
Os interessados devem levar os seguintes documentos para o cadastramento: CPF, contracheque ou identidade funcional, documento de identidade com foto e uma foto 3x4 para confecção da carteirinha.
Para utilizar o parque aquático do clube, é necessário que o servidor traga um exame médico. 


O clube pode ser utilizado pelos servidores estatutários ativos ou inativos e por seus dependentes diretos. A inscrição é necessária para a utilização das dependências.



A capacidade inicial do clube é de 4 mil pessoas. Mas, dependendo das atividades realizadas no local, o número pode dobrar.



O clube tem duas edificações ligadas por varandas e passarelas. Há piscina semi-olímpica e infantil, parque infantil, espaços para diferentes atividades, como dança e artes marciais, além de área para festas e eventos, com sauna, sala de descanso, churrasqueiras e vestiários.

No segundo prédio, ficam um ginásio multiuso, com quadras polivalentes para esportes coletivos, e um teatro com palco de 100 metros quadrados.
As inscrições não terão prazo para terminar e devem ser feitas no clube.
Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail: clubedoservidorrj@clubedoservidorrj.com.br.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

A Confiabilidade dos dados da Estatística Criminal Publicada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo divulgou no dia 31/
01/11, com muito otimismo a estatística criminal, onde enfatiza a redução de
alguns índices de criminalidade. O que esses números apresentados
efetivamente indicam? Antes mesmo da resposta, existe outra questão mais
elementar: esses números correspondem à realidade? Apesar do esforço da
Secretaria de Segurança Pública, esses números não traduzem com exatidão
a realidade, por isso, devemos olhar para eles com muitas reservas, não há
motivos significativos para otimismo ou comemoração. Os indicadores de
avaliação desses índices são baseados nas s fontes das polícias militar e civil,
e as denúncias do povo. Ficam de fora dessa estatística os dados sobre
violência e agravo por causas externas da saúde, da educação, dos conselhos
tutelares, dos conselhos de idosos, e somando ainda as sub-notificações
criminais (segundo pesquisa de vitimização mais de 50% das pessoas vítimas
dos criminosos não registram o boletim de ocorrência) que são alarmantes do
Estado; às violências domesticas na maioria das vezes ficam entre quatro
paredes; e para engrossar o caldo de descrédito desses dados da SSP-SP,
temos o lamentável desprezo pelo trabalho das Guardas Civis Municipais, que
vêm prestando um excelente serviço à sociedade, têm contribuído de maneira
significativa e decisiva para a prevenção de violências e crimes, além das
ações rotineira de prisões e apreensões. As Guarda Municipais têm seus
bancos de dados com informações dos atendimentos, que constitui um acervo
de informação criminal de suma importância. Com tamanho desprezo por
outros importantes bancos de dados, exatos, perguntamos o que representa de
fato esses números apresentado pela Secretaria de Segurança Público do
Estado de São Paulo, e qual sua finalidade. No próprio site, eles declaram e
assumem que esses dados são poucos confiáveis: Os dados devem ser
interpretados sempre com prudência, pois estão sujeitos a uma série de limites
de validade e confiabilidade: eles são antes um retrato do processo social de
notificação de crimes do que um retrato fiel do universo de crimes cometidos
acessado em 31/01/2011). A finalidade dessa manipulação e confusão de
números e ocultação de dados implícitos é construir, de forma falaciosa, a
sensação de segurança da população e esconder a realidade degradante que
é a situação de crime e violência no Estado, que reflete a impotência dos
métodos utilizados para prevenir, inibir e reprimir o crime e as violências.
Releva também que a Secretaria de Segurança Pública é um grande
PAQUIDERME, muito gordo, que consome muito, anda pouco e dar pouco
resultado efetivo a população.

Para resolver de fato essa problemática de confiabilidade de dados e
indicadores é preciso construir sistema único de processamento de dados
a partir das coletas de todas as fontes (saúde, educação, os Conselhos,
das Guardas Municipais entre outros) que são entradas de informações e
ocorrências criminais e das violências a pessoa humana. Combinando com
ações preventivas das polícias (militar, civil, Guarda Civil, polícia federal) para
inibir ações dos criminosos e ações de enfrentamento ao tráfico de drogas,
que é a mãe de muitos crimes. Somando ainda investimento em inteligência,
priorizar e fortalecer as estratégias proativas em detrimento da tão superada,
mas amplamente executada nas citadas instituições, estratégia reativa.

A confiabilidade dos dados é fundamental porque serve tanto para a sensação
de segurança da população quanto para ajudar no planejamento de gestão
estratégica para prevenção, inibição e enfrentamento do crime e da violência.


Oséias Francisco da Silva
Especialista em Segurança Pública
Subcomandante da Guarda Civil de São Bernardo do Campo

Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Administrador do Blog Polícia Municipal
Especialista em Gerenciamento de Crise Instrutor GM/RIO André

GUARDA MUNICIPAL SUA POLÍCIA ADMINISTRATIVA

Delegado descaracteriza usurpação de função de Guarda Municipal

Novos tempos e segue forte uma tendência...

A AUTORIDADE POLICIAL (QUE É O DELEGADO) JOGOU AS VAIDADES INSTITUCIONAIS NO CHÃO E APLICOU A LEI... MUITO BOM!

O Comandante da GCM de Volta Redonda também foi muito bem na aplicação da Lei.


Delegado descaracteriza usurpação de função de Guarda Municipal Publicado em 11/2/2011, às 13h08

Comandante da GM: Major-PM Luiz Henrique diz que a campanha educativa ‘VR em Ordem’ vai continuar.

Volta Redonda

O delegado adjunto da 93ª DP, Márcio Figueiroa, desclassificou, na manhã de hoje, o crime de usurpação de função no caso envolvendo o policial militar Miranda e o inspetor da Guarda Municipal João Batista dos Reis. O delegado considerou o acontecimento como um fato atípico.

O comandante da Guarda Municipal, Luiz Henrique Monteiro Barbosa, entregou para Márcio Figueroa uma cópia de um convênio firmado entre o Detran e o município que permite à corporação atuar na fiscalização do trânsito.

O caso aconteceu na tarde de ontem (10), durante uma operação que estava sendo feita pela Guarda Municipal no bairro Retiro, próximo ao Shopping Dourados. Segundo o depoimento do inspetor da Guarda, ele abordou o condutor de uma moto que estava sem placa e sem retrovisores. O condutor também não apresentou habilitação. O veículo seria de propriedade do policial militar Miranda, que chegou ao local, chamou reforços e pegou as chaves das seis motos que já haviam sido apreendidas e as devolveu para os respectivos condutores.

Depois disso, os policiais tentaram levar Batista para a delegacia na viatura da própria polícia. O comandante da Guarda, Luiz Henrique, chegou ao local e encaminhou Batista para delegacia na viatura da Guarda. Além disso, Luiz Henrique retomou as chaves de cinco motos que haviam sido apreendidas, uma delas o condutor já havia se retirado do local. Na delegacia, Miranda alegou que a Guarda executava função da PM. O delegado Mário Figueiroa concluiu que o guarda municipal agiu dentro da lei.

A moto do policial militar se encontra no pátio da Guarda Municipal, na Ilha São João.

Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Apoio Blog Polícia Municipal
Instrutor André GM/RIO

GUARDA MUNICIPAL SUA POLÍCIA ADMINISTRATIVA

  Prefeito de Americana entrega três Bases Móveis à Guarda Municipal

Na tarde desta sexta-feira (25/02), o prefeito Diego De Nadai entregou para a Guarda Municipal de Americana três Unidades Móveis de Monitoramento Urbano, que permitirão aos agentes de segurança flagrar ações criminosas, vandalismos, infrações de trânsito, inclusive tráfico de drogas em escolas e praças públicas, em um raio de dois quilômetros. O investimento foi de cerca de R$ 1 milhão.


“É mais uma conquista para toda a população de Americana. Teremos a segurança ampliada com as bases e também com a formação, em breve, dos 80 novos guardas. Esta base móvel é uma avançada solução tecnológica sendo aplicada na prevenção e repressão criminal. Toda nossa cidade ganha”, disse o prefeito Diego.

Com as unidades é possível rastrear e gerenciar a distribuição do efetivo de viaturas no perímetro do município através de software específico com tecnologia 3G, contribuindo para acionar a viatura mais próxima daquela ocorrência, minimizando assim o tempo de pronto atendimento e maximizando a eficiência no gerenciamento logístico da força de segurança. Da mesma forma, a solução vem embarcada com conexão banda larga de internet para agilizar a consulta ao banco de dados Infoseg para verificação da situação criminal de pessoas e veículos com registros criminais, facilitando a captura de criminosos.

Marcelo Feola, diretor da GAMA, afirmou que a unidade só vem crescendo com tantos investimentos desde o início da administração Diego De Nadai. “Faz dois anos que estou na GAMA e, com o apoio do prefeito Diego, grandes investimentos chegaram até nós. Em 2010, a Prefeitura de Americana investiu mais de R$ 15 milhões aqui, e ainda temos praticamente mais dois anos para melhorar a nossa estrutura física e também o corpo da Guarda”, disse Feola.
Segundo o prefeito Diego, as unidades móveis já estarão em operação nos próximos dias em diversos pontos críticos. “A GAMA possui uma estatística dos locais que mais precisam de monitoramento e segurança. As três bases já estarão nas ruas na próxima semana. Mais duas bases chegarão para completar a frota. Com elas em ação, a cidade de Americana diminuirá a criminalidade”, frisou Diego. Elas possuem também maior eficiência no quesito ostensividade, permitindo maior sensação de segurança pois a comunidade poderá inclusive recorrer a essas unidades móveis para apoio, orientação e informação.

A entrega contou com a participação de secretários e vereadores.
Postado pelo Subinspetor S.Santos - GMRIO
Apoio: Blog Polícia Municipal
Instrutor GM/RIO André