Seguidores

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Black MC se divide entre o trabalho como guarda municipal e o funk

GUARDA MUNICIPAL RIO

Desde os oito anos de idade, quando aprendeu a tocar percussão, o carioca Black MC sonha viver de música. Atualmente, com 35 anos, ele não abandonou o antigo sonho, e divide sua vida de artista com a de guarda municipal nas ruas do Rio. Se hoje ele é a voz por trás de batidões, o MC já se aventurou pela pagode, mas sua sorte começou a mudar assim que se destacou num concurso de funk na televisão.
A partir daí, Black MC, que já teve sua trajetória contada no “Encontro com Fátima Bernardes”, entrou de vez no universo do funk carioca. Participou da gravação de um DVD e gravou sucessos como “Desce que desce” e “Dona da madrugada”. Investindo na carreira, ele pretende gravar um CD até setembro deste ano e lançar um novo clipe.
Black MC lança CD e clipe novo até o fim do ano

CICLOVIA DESABA ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer. RIO DE JANEIRO



RIO - A ressaca que atinge a orla do Rio na manhã desta quinta-feira fez desabar um trecho de mais 50 metros da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, na altura do Castelinho, a cerca de 800 metros da Praia de São Conrado. Testemunhas relataram aos bombeiros que duas pessoas estavam na ciclovia no momento do desabamento: um ciclista e uma mulher. O acidente ocorreu na altura do Castelinho, por volta de 11h10m desta quinta-feira. A ciclovia foi inaugurada em janeiro deste ano.

http://oglobo.globo.com/rio/trecho-da-ciclovia-tim-maia-desaba-em-sao-conrado-19139109

quarta-feira, 13 de abril de 2016

“Diversas prefeituras já sinalizaram positivamente para o armamento das Guardas, inclusive a nossa, de São João de Meriti.

Guardas Municipais de todo o estado do Rio de Janeiro se reúnem em São João de Meriti

11/04/2016 - 12:00

A Guarda Civil Municipal de São João de Meriti será a anfitriã do encontro (Assimp Meriti/Gláucio Burle)
A Guarda Civil Municipal de São João de Meriti será a anfitriã do encontro (Assimp Meriti/Gláucio Burle)
O município de São João de Meriti receberá na próxima quinta-feira (14), representantes das Guardas Civis Municipais de todo o Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Segurança Pública. O objetivo do encontro é buscar alternativas para que seja cumprido o que determina a Lei Federal 13022/14, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais.
Dentre outros pontos, a Lei propõe que as Guardas sejam armadas para atuarem em conjunto com a Polícia Militar na segurança da população.
“Diversas prefeituras já sinalizaram positivamente para o armamento das Guardas, inclusive a nossa, de São João de Meriti. Porém, com o momento econômico difícil que atravessa o nosso país, faltam recursos para equipar e preparar os agentes para a função. Esse encontro é justamente para debatermos e buscarmos essas alternativas junto à Secretaria de Segurança do estado, que tem nos dado todo o apoio”, explica o comandante da Guarda Civil Municipal de São João de Meriti, Worton Câmara Júnior.
Comandantes das Guardas de 40 cidades já confirmaram presença na reunião do dia 14, que acontecerá às 9 horas, na Câmara Municipal, localizada na Rua Defensor Público Zilmar Pinaud, nº 77, Jardim Meriti.


Gestor de Segurança e Guarda Municipal, Fábio ANDRÉ. Parcerias e convênios podem ser uma das alternativas.





Mulheres poderão ter spray de pimenta para defesa pessoal


Instrutor de Armas Não Letais, credenciado junto a Policia Federal, Fábio André do Nascimento diz que cidadão deve ter cautela pois Spray de Pimenta NÃO ESTA LIBERADO, mas o spray a base de produto NATURAL já esta liberado para utilização em caso de defesa pessoal.  
 - Atualizada às 

Mulheres poderão ter spray de pimenta para defesa pessoal

Uso do produto à base de pimenta preta divide especialistas

FRANCISCO EDSON ALVES
Produto poderá ser usado pela Guarda Municipal e segurança privada
Foto: Reprodução
Rio - Polêmica à vista. Até o final de junho, mulheres poderão ter na bolsa, além de itens de beleza, spray de pimenta para defesa pessoal, fabricado especialmente para elas. O produto, que divide opiniões, será lançado pela Condor hoje, durante a LAAD Security 2016 – Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa, no Riocentro, na Barra da Tijuca. O evento mostrará novas tecnologias no setor para a Olimpíada.
O spray será destinado também à Guarda Municipal e à segurança privada. Para as mulheres se defenderem de assaltantes, perseguições, estupradores e sequestradores, a embalagem será na cor rosa. Por lei, spray de pimenta é controlado pelo Exército. A Condor informou que o novo spray usará como base pimenta do tipo piperina, conhecida como pimenta preta, que, ao contrário da malagueta, usada pela polícia em controle de distúrbios, não faz parte do rol de produtos controlados pelas Forças Armadas.
Em nota, o Comando Militar do Leste informou que “o produto em questão ainda não foi alvo do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 1ª Região Militar, não sendo possível emitir parecer sobre o assunto.” 
Paulo Storani, ex-capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e consultor em segurança, diz que a novidade é bem vinda para ser usada em situações extremas. “Vou comprar um para minha mulher e outra para minha filha. Esse dispositivo, sabendo ser usado, diminui o ímpeto do agressor”, acredita.
Para outro especialista, José Vicente Filho, ex-secretário nacional de Segurança, o uso do spray é perigoso. “Se a vítima não souber utilizá-lo, sem instrução e treinamento, estará correndo sério risco”, adverte. O preço do spray, que inicialmente será vendido em lojas de material de caça e pesca, ainda não foi definido.
Roupa contra fogo e corte
A secretária Marlene Sobral, de 36 anos, disse que pretende comprar o spray de piperina. “Chego tarde em casa. Já fui assaltada na rua e tenho medo de tarados”, justificou. A estoquista Tereza Silva, de 38, porém, diz temer usar o produto. “Tenho medo de provocar mais ainda a ira do agressor”, afirmou.
Durante a LAAD Security, a Condor lançará outras inovações, como um traje antidistúrbio ultraflexível (uma espécie de segunda pele, que pesa pouco mais de um quilo) para proteção policial, resistente a grandes impactos, a chamas e a material cortante; uma nova arma elétrica com sistema wifi; munição elétrica não letal e de borracha marcadora; lançador múltiplo não letal com seis disparos sequenciais; spray de pimenta 360 graus, e gaze coagulante instantânea. Essa última novidade estanca hemorragias em menos de três minutos.

sábado, 12 de março de 2016

CURSO DE OPERADOR DE AERONAVE NÃO TRIPULAVEL. GUARDAS MUNICIPAIS RIO DE JANEIRO

CURSO DE OPERADOR DE AERONAVE NÃO TRIPULAVEL.
((AEROSTATO))
Local: Coordenadoria de Operações Especiais. COE. PM.RJ.

INTRUTORES ENGENHEIROS AERONÁUTICOS

 MARLON, RESPONSÁVEL PELO PROJETO;
PEDRO;
MICHELE.
...
SECRETARIA EXTRAORDINÁRIA PARA GRANDES EVENTOS. SESGE.
MINISTÉRIO DA JUSTICA- MJ.
COMEÇOU HOJE DIA 07/03/16  VAMOS ATÉ DIA 30..
DEUS ESTÁ CONOSCO.

PROJETO ORÇADO EM MAIS DE 28 MILHOES.

DEUS ESTÁ CONOSCO.



Foto de Fábio André Nascimento.
Curtir

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Gostaria de saber se esse senhor usará o direito de expressão para arranhar a imagem de uma Autarquia Pública e ficará por isso mesmo.

Não sabe nada de violência, e ainda fica fomentando!

População cuidado com pessoas que dizem ser amigas mais na verdade oportunista.

Ele esta os convocando para uma luta que eles mesmos criaram..

Quero saber se este mesmo irá os convocar para repartir os benefícios....



terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Inspetor-geral é exonerado da guarda do Rio após vídeo mostrar golpes



23/02/2016 08h05 - Atualizado em 23/02/2016 09h09


Rodrigo Fernandes Queiroz deixa o cargo; secretário assume interinamente.
Corporação suspeita que ex-inspetor seja o autor da agressão; veja imagem.

Gabriel BarreiraDo G1 Rio
Inspetor da Guarda Municipal do Rio foi exonerado (Foto: Reprodução/YouTube)Inspetor da Guarda Municipal do Rio foi exonerado (Foto: Reprodução/YouTube)
O inspetor-geral da Guarda Municipal do Rio, Rodrigo Fernandes Queiroz, foi exonerado do cargo — equivalente ao de comandante da corporação — suspeito de dar golpes de cassetete em um homem numa operação em dezembro de 2015 em Santa Cruz, na Zona Oeste. A dispensa foi oficializada nesta terça-feira (23), um dia após a Guarda tomar conhecimento do vídeo que mostra a agressão.
Rodrigo, que é policial militar, comandava a operação. (Clique aqui para ver as imagens. O rosto do inspetor-geral da Guarda Municipal aparece por volta de 4m30s. A agressão é flagrada aos 7m10s e a corporação admite que pode ter sido cometida pelo comandante)
A decisão partiu do Secretário de Ordem Pública (Seop), Leandro Matieli, a quem a guarda está submetida e foi publicada no Diário Oficial do município nesta terça-feira (23). Ele assumiu a função interinamente e determinou a abertura de um processo para investigar o caso.
Dez dias antes, outros guardas municipaisforam afastados após participarem de uma ação que deixou foliões feridos no encerramento do carnaval carioca no bloco TecnoBloco.
Na ocasião, Matieli reconheceu que "houve excessos" e que faltou "diálogo".
"Faltou diálogo, como tivemos em outros blocos não autorizados. O que faltou ali foi sensibilidade. As primeiras imagens que recebi, divulgadas pela própria imprensa, mostram que era possível dialogar. Porque tivemos essas experiências no próprio carnaval. Tivemos saídas espontâneas [de blocos], quando chegávamos lá, acompanhávamos, dialogávamos e não tinha problema", afirmou.
Uso de armas
Também em 2015, no mês de setembro, foi arquivado um projeto que proibia o uso de arma de fogo por guardas municipais.  Atualmente, dois municípios do Estado autorizam que seus guardas portem pistolas: Volta Redonda e Resende. Em Niterói, o uso de pistolas deve começar no segundo semestre de 2016.
Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 RJ ou por Whatsapp e Viber.
Vídeo mostra guarda municipal dando golpes de cassetete em operação em Santa Cruz (Foto: Reprodu/Youtube)Vídeo mostra guarda municipal dando golpes de cassetete em operação em Santa Cruz; corporação suspeita que autor seja o ex-inspetor-geral (Foto: Reprodução/Youtube)

Inspetor-geral é exonerado da guarda do Rio após vídeo mostrar golpes

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/02/inspetor-geral-e-exonerado-da-guarda-do-rio-apos-video-mostrar-golpes.html

Alerj arquiva projeto que proíbe uso de arma de fogo por guarda municipal

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/09/alerj-arquiva-projeto-que-proibe-uso-de-arma-de-fogo-por-guarda-municipal.htmlhttps://www.facebook.com/tacticallifeonl/CURSO DE EMERGÊNCIA PRÉ HOSPITALAR, CURSO SEM IGUAL!!O protocolo de de emergência mudou...você sabia?em breve curso de Emergência Pré-Hospitalar Básica.

Pré Inscrição: https://docs.google.com/forms/d/1I9V2-xaShLTBtCwqmh3xEUWjJcPssxegwXIKT0GXTk0/prefill

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

GUARDA MUNICIPAL, VERDADEIRA FORÇA DE SEGURANÇA MUNICIPAL!

Eu sou o administrador do Blog GM André, acompanho a mais de 7 anos os trabalhos dos Guardas Municipais e digo são heróis.


Este é o verdadeiro vídeo do confronto da Guarda Municipal Rio de Janeiro.


AGRADECIMENTO A MÍDIA POR DIVULGAR OS TRABALHOS DOS AGENTES DA GUADA MUNICIPAL DE TODO O BRASIL.. E A TODOS OS BLOGUEIROS..E USUÁRIOS DE FACE E OUTRAS FERRAMENTAS DE DIFUSÃO DA INFORMAÇÃO,COMPROMETIDO COM A SEGURANÇA PÚBLICA DE FORMA SÉRIA !!


MÁ GESTÃO NA SEGURANÇA PÚBLICA LEVA A DESCREDIBILIDADE TOTAL.

NÃO É DIFÍCIL DE FAZER SEGURANÇA PÚBLICA O DIFÍCIL É ENCONTAR ALGUÉM COM VONTADE DE FAZER!!! POR QUÊ SERÁ?...NÃO VALE A PENA COMENTAR!!

SEM OS INSTRUMENTOS É EQUIPAMENTOS DE TRABALHOS OLHA O QUE OS GUARDAS MUNICIPAIS SÃO CAPAZES DE FAZER POR SUA SEGURANÇA! IMAGINA COM OS EQUIPAMENTOS?

O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!
Muito bom saber q o administrador da página Rio de nojeira ouve os dois lados.
Não sei quem falou com ele mas fico feliz em ver colegas q valorizam a nossa instituição.
Nós estamos aqui vamos mudar nossa história!
‪#‎vamosnosvalorizar‬ ‪#‎GMRIO‬ ‪#‎juntosomosfortes‬ ‪#‎vamosfazeracontecer‬


Guardas Municipais detém meliantes com simulacro de pistola em Madureira.
Guardas da Unidade de Ordem Pública/catete.



Menor é apreendido suspeito de furtar casal de idosos na orla de Copacabana

Ocorrência foi registrada na delegacia do bairro

O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!
O Dia
Rio - Um menor foi apreendido por banhistas e guardas municipais, na manhã desta segunda-feira, na orla de Copacabana, Zona Sul do Rio, suspeito de furtar pertences de um casal de idosos. O momento em que ele foi detido foi registrado pelo fotógrafo Betinho Casas Novas e enviado ao WhatsApp do DIA  (98762-8248). A vítima, de boné azul, aparece exaltada na imagem. Ela foi encaminhada, junto com o jovem, de cerca de 16 anos, para a delegacia do bairro, onde a ocorrência foi registrada.

Menor é apreendido em flagrante na orla de Copacabana
Foto: Leitor Betinho Casas Novas http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2016-02-15/menor-e-apreendido-suspeito-de-furtar-casal-de-idosos-na-orla-de-copacabana.html

Foto de Daluz Goiano.
Foto de Daluz Goiano.






Guardas Municipais do Rio de Janeiro (GOE) deteve nessa madrugada 03 elementos que estavam praticando assalto com simulacro de pistola na avenida Pedro II com Francisco Bicalho. Com os meliantes foram encontrados celulares de origem duvidosa... o caso foi apresentado a 17 DP São Cristóvão








Era pra ser só mais um patrulhamento de rotina para o guarda municipal Júlio César Ribeiro Gomes, de 26 anos. Lotado no Grupamento Especial de Praia (GEP), o...
extra.globo.com





O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!
 O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!
 O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!

O GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO TRABALHANDO AI!!

ESQUECERAM DE PÚBLICAR QUANTOS FURTOS FORAM EVITADOS!

QUANTAS BRIGAS FORAM EVITADAS!

QUANTOS SOCORROS FORAM PRESTADOS!

QUANTAS INFRATORES MARGINAIS FORAM PRESOS E APREENDIDOS!

QUE SÓ TINHA GUARDAS MUNICIPAIS FAZENDO SEGURANÇA NO CARNAVAL QUE QUASE NÃO VIAMOS POLICIAIS MILITARES! POIS ESTAMOS COM TANTOS PROBLEMAS COM VIOLÊNCIAS NO RIO DE JANEIRO E NAS COMUNIDADES QUE NÃO TEM COMO MAIS A POLICIA DAR CONTA SOZINHA!!.

((((GUADAS MUNICIPAIS ( BRASIL) TODOS DEVERIAM RECEBER AUMENTO E SER ELOGIADOS POR BRAVURA.. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA BAIXA UMA PORTARIA QUE NÃO É CUMPRIDA 4.226 LEI FEDERAL 13.060 INSTRUMENTO DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO LEI 13.022 ..LEIA 10.826.. ETC..

UNIFORME, ALGEMA, BASTÃO, ARMA DE FOGO, COLETE, AGENTE QUÍMICO, ARMA DE CHOQUE, TREINAMENTO, QUALIFICAÇÃO..NADA DISSO É FEITO COM SERIEDADE PELOS GOVERNANTES.. MAS MESMO ASSIM AGENTES DE SEGURANÇA DÃO SUAS VIDAS PARA PROTEGER A DO CIDADÃO QUE POR FALTA DE CONHECIMENTO ATACA O LADO ERRADO.))))

 E AGORA?
Guarda Municipal fica ferido ao proteger mãe e filha de garrafas e Pedras lançadas por bardeneiros no Carnaval de Atibaia
A nota triste do carnaval em Atibaia, foi a atitude “covarde” de “baderneiros” que em poucos minutos se organizaram na Praça do Rosário, na madrugada do dia 6, por volta das 3h30.

COMO TUDO ACONTECEU:

Todos os eventos realizados pela Prefeitura em Atibaia terminaram por volta da meia-noite. Os foliões se divertiram na Praça da Matriz e no Centro de Convenções. Três horas e meia após as festividades oficiais terem terminado, inclusive o “Bloco do Caveira” ter se dispersado, várias pessoas se aglomeraram na Praça do Rosário e começaram a ligar o som dos veículos em alto volume, promovendo um “PANCADÃO” sem autorização oficial.

Em poucos minutos, os baderneiros começaram a pular sobre os veículos que passavam na Praça e a atirar garrafas de vidro e pedras na Polícia Militar e na Guarda Municipal de Atibaia, que realizavam a segurança da população. Para salvaguardar a população que nada tinha a ver com o baile funk, A Polícia Militar em conjunto com a Guarda Municipal de Atibaia, formaram uma linha de proteção e se fez necessário, diante da atitude dos baderneiros, o uso de munição química e carga de cassetetes. Conseguindo assim dispersar os organizadores do “Pancadão” e salvaguardar as pessoas que passavam pelo local.

Os baderneiros no momento em que atiravam garrafas de vidro e pedras sobre a Força Policial, o GCM PAULO, em ATO DE BRAVURA, colocou-se a frente de uma mãe que estava com a sua filha, chorando muito, para protegê-las. Nesse exato momento, uma garrafa de vidro, atingiu o GCM PAULO, na cabeça e no rosto causando cortes e ferimentos profundos. Socorrido rapidamente ao hospital, o GCM PAULO recebeu mais de 20 pontos no rosto. Durante a ação, três homens foram qualificados, entre eles, o possível agressor.

Segundo o
Jornal G8, que acompanhou todo o carnaval de forma ininterrupta. A POLÍCIA MILITAR e a GUARDA MUNICIPAL DE ATIBAIA, como sempre, realizaram um trabalho impecável, que é motivo de orgulho para toda a população de Atibaia. A organização do carnaval de Atibaia, foi perfeita, com seguranças particulares, para que todos pudessem se divertir da melhor forma possível.
É importante salientar que não foram foliões ou carnavalescos que promoveram a baderna, e sim vandalos, que jogaram garrafas e pedras, e que ultrapassa a baderna. Foi um ato de “CRIMINOSO”. Um integrante da Força Policial de Atibaia, que zela pela nossa segurança, poderia ter perdido a visão ou ter morrido.
Da Redação com informações do Jornal G8

http://news.portalbraganca.com.br/nacional/atibaia-guarda-municipal-fica-ferido-ao-proteger-mae-e-filha-de-garrafas-e-pedras-lancadas-por-bardeneiros-no-carnaval-de-atibaia.html

Defensoria Pública estuda ação contra Guarda Municipal

Responsável por grupamento que atuou em bloco foi exonerado



Leia mais sobre esse assunto em
http://oglobo.globo.com/rio/defensoria-publica-estuda-acao-contra-guarda-municipal-18674918#ixzz40HBZUU3v
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


por

Bernardo Tabak mostra as agressões produzidas por guardas municipais - Arquivo Pessoal
Publicidade
— É inadmissível o uso desproporcional da força por parte dos agentes da guarda. Essas ilegalidades e arbitrariedades devem ser apuradas. A guarda deve ter um protocolo de ação. Não só nos grandes eventos, mas com os vendedores ambulantes e nos cumprimentos de mandados judiciais, que não são atribuição da guarda, muitos agentes têm se utilizado de violência — declarou Amado.
EXONERAÇÃO
O responsável pela equipe da Guarda Municipal que atuou no bloco foi exonerado. De acordo com o órgão, foi aberta uma sindicância para investigar as denúncias de agressão contra foliões, e os guardas envolvidos na confusão foram afastados das ruas.
"O comando da GM-Rio não tolera este tipo de violência por parte de seus agentes, e irá apurar com rigor o caso, o que pode resultar na demissão dos envolvidos. A Guarda Municipal tem acompanhado os blocos, autorizados ou não, com foco na operação e fiscalização de trânsito e no ordenamento urbano, não havendo, portanto, qualquer tipo de repressão quanto à realização de blocos não autorizados. O planejamento operacional é necessário para minimizar os transtornos para os motoristas que trafegavam na região, além de prevenir acidentes", afirma, em nota, o órgão.
Mais cedo, o secretário de Ordem Pública do Rio, Leandro Matieli, anunciou, em entrevista à Rádio CBN, o afastamento dos agentes. Ao GLOBO, Matieli reconheceu que houve excessos, e afirmou que faltou diálogo. Ele ainda pediu desculpas à população pela ação da Guarda Municipal no último sábado:
- É óbvio que houve um erro ali. É inadmissível ter tido aquele excesso. Como chefe da pasta, eu peço desculpas às pessoas que foram agredidas. Me solidarizo com eles porque tivemos um excesso. A cidade tem um trabalho de se organizar para o carnaval de rua. Sabemos fazer o carnaval de rua desde 2009. O que faltou ali foi sensibilidade e bom senso daquela equipe - afirmou o secretário, que afirmou ainda que a preocupação era de o bloco conflitar com o deslocamento do desfile das Campeãs:
Publicidade
- A história começou quando identificamos um bloco não autorizado que poderia conflitar com o deslocamento de blocos para o Desfile das Campeãs. Havia pessoas alcoolizadas. Cabe ao agente público nesse caso ter mais sensibilidade ainda em conduzir as coisas. Era o espírito ali de festa. Caberia a sensibilidade de estabelecer o diálogo. A cidade tem um carnaval democrático e cabe à cidade conduzir isso de forma pacífica. Quando tivemos o primeiro embate, teve garrafada de um lado e a guarda agiu com excesso de outro.
CONFUSÃO E AGRESSÃO DURANTE BLOCO
No domingo, a Riotur garantiu que não reprime os blocos que estejam fora da lista oficial do órgão, mas a Guarda Municipal e a Polícia Militar são acusadas de terem agido com violência contra foliões. A agressão contra o jornalista aconteceu na madrugada de sábado, quando integrantes do Technobloco, que estava concentrado na Praça Mauá, disseram ter sido agredidos por guardas com golpes de cassetetes. Pelo menos duas pessoas foram levadas para o Hospital Souza Aguiar. A GM alega que um grupo depredava o patrimônio público no local. A confusão fez crescer o debate sobre a forma de agir das forças de segurança durante a folia. Um protesto contra a repressão deverá acontecer na Praça Mauá.
NOTA DE REPÚDIO
Através de nota, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) declarou que repudia a truculência da Guarda Municipal do Rio de Janeiro que agrediu e prendeu o repórter do jornal O Globo Bernardo Tabak, na madrugada de sábado. A ABERT disse que considera extremamente preocupantes os contínuos atos de violência que tentam impedir a livre e necessária atuação da imprensa. Gravar a ação de agentes públicos é direito tanto de jornalistas, quanto dos cidadãos. A ABERT pede às autoridades competentes do Rio de Janeiro a apuração rigorosa dos fatos, além da punição dos responsáveis.

- Atualizada às

Bloco carnavalesco no Centro termina em confusão com Guarda Municipal

Segundo informações de testemunhas, os guardas não permitiram que a música ocorresse na Praça Mauá

O Dia
Rio - Um bloco carnavalesco terminou em confusão na madrugada deste sábado, no Centro do Rio. Segundo as primeiras informações, a Guarda Municipal tentou dispersar a multidão e a confusão começou. O Technobloco, bloco não-oficial do Carnaval, começou na Praça Tiradentes em cortejo, na madrugada, e se dirigiu a Praça Mauá se juntando ao Bloco Não Aguento Mais Fanfarra. Não há registro de feridos.

Grupo se reuniu no Largo da Carioca e depois foi em direção a Praça Mauá
Foto: Reprodução Facebook
No evento do bloco Não Aguento Mais Fanfarra, pessoas que estavam presentes no momento da confusão contam que a Guarda Municipal chegou e dispersou a multidão que estava na Praça Mauá. Neste momento algumas pessoas permaneceram cantando de frente para os guardas. Integrantes do bloco começaram a discutir com a GM e uma confusão generalizada tomou conta da Praça Mauá. Segundo relatos, os guardas agiram de forma truculenta com mulheres e prenderam quatro homens que foram encaminhadas para a 5ªDP (Mem de Sá) e liberados na manhã deste sábado. 

Print de vídeo mostra a Guarda Municipal imobilizando um homem na Praça Mauá
Foto: Reprodução Vídeo

Procurada, a assessoria da Guarda Municipal informou que acompanhava normalmente o evento, e o tumulto ocorreu após um grupo tentar depredar a praça e o entorno, quando os guardas tentaram impedir e foram hostilizados. Segundo a GM, há registro de lixeiras destruídas, tentativa de pichação dos equipamentos da praça e depredação do mobiliário. Ainda segundo a Guarda Municipal, os oito guardas que estavam no local fazendo o patrulhamento acionaram apoio para conter aqueles que faziam a depredação. Três pessoas que atacaram os agentes com garrafas foram detidas e conduzidas para a 5ª DP (Mem de Sá).
A Polícia Civil informou que, de acordo com o delegado Alexandre Guedes, agentes da guarda municipal e integrantes de um bloco carnavalesco estão sendo ouvidos, na unidade policial. A ocorrência encontra-se em andamento.
Um vídeo mostra o momento em que uma banda toca e canta de frente para os guardas municipais na Praça Mauá. Em um instante seguinte, uma confusão generalizada se inicia e bombas de gás são lançadas pela Guarda Municipal. Também pode se escutar pessoas gritando pedindo para a confusão parar e tiros de balas de borracha sendo disparados.  


http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-02-13/bloco-carnavalesco-no-centro-termina-em-confusao-com-guarda-municipal.html


Uma hora reclamam outra hora pedem a GMrio.
Cris Martins
Ontem às 07:40





Tenta Intimidar Policial e acaba se ferrando!!!https://www.youtube.com/watch?v=hbr7K35pIRI
ESCOLA DE FORMAÇÃO DE SEGURANÇA GRANDE RIO
...
CURSO OPERADOR DE ARMA DE CHOQUE ELÉTRICO E SPRAY INCAPACITANTE
DATA DIA 20 DE FEVEREIRO...
PREÇOS ESPECIAIS PARA ALUNOS E EX ALUNOS DA ESCOLA..
Faça sua inscrição online, ainda dá tempo!!
*clik aqui online(
http://goo.gl/forms/SHuKu7cuHR),
*ou baixe em PDF a ficha de inscrição e envie por email clik aqui
https://drive.google.com/…/0B80yu4SFCxh6a0JaejNYYzY0Y…/view…
*não conseguindo uma das alternativas anteriores envie seu nome completo CPF e RG para email coordenadorctt@gmail.com ou faça contato 021-9642-63703

*Cronograma do curso: https://drive.google.com/…/0B80yu4SFCxh6RXhhT1Z5bTh2W…/view…
Folde: https://drive.google.com/…/0B80yu4SFCxh6Qm1mbGY5eWhXV…/view…